Encantada e sua Bola Dourada

 

 

Era uma vez um reino muito belo, no meio deste reino havia uma grande montanha e lá no alto um lindo castelo amarelo.

Lá vivia uma princesa encantada que tinha uma bela bola dourada. Todos os dias a princesa saía no jardim para brincar com a sua bola. A princesa Encantada gostava muito da sua bola dourada, mas lá no fundo uma grande tristeza ela sentia, pois brincava com a sua bola sozinha. É que naquele castelo amarelo não haviam outras crianças como a princesinha, e mesmo os seus pais, o Rei e a Rainha, viviam ocupados na maior correria.

Assim, todos os dias, a princesa Encantada levava sua bola dourada para o jardim, E como o jardim era no topo de uma montanha a princesinha se sentava com as pernas bem abertas, e jogava sua bola pra cima e ela rolava para baixo e a Encantada jogava a bola para cima e ela rolava para baixo.  Mas um dia ela se distraiu e quando a bola descia ela não conseguiu segurar. A bola saiu a rolar, ia montanha abaixo, era uma ladeira sem fim, e a princesa, mesmo sem nunca antes ter saído do jardim, saiu atrás dela, correndo sem parar, mas a bola rolava mais rápido e a Encantada não conseguia alcançar. A bola passou por um passarinho e a princesinha gritou:

– Passarinho, pegue a bola dourada pra mim?

E o passarinho respondeu:

-Piu-piu! Claro que sim!

E o passarinho (fiufiu)saiu voando atrás da bola dourada, e atrás dele corria a princesa Encantada. Mas a bola dourada rolava rápido demais e os dois foram ficando pra trás…

A bola dourada passou rolando por um sapo (croac). E o passarinho cantou:

-PiuPiu! Sapinho, sapinho! Pegue a bola dourada para a princesa Encantada!

E a princesinha falou:

-Isso, isso! Sapinho, pegue a bola para mim!

E o sapo respondeu:

-Claro que sim!

E saiu saltando atrás da bola (croac). E atrás dele o passarinho a voar (piupiu) e a princesa correndo sem parar, mas a bola rolava mais rápido e nenhum dos três conseguia alcançar. A bola passou rolando por um gato-do-mato e o sapo coaxou:

-Croac! Gatinho pegue essa bola dourada para a princesa encantada!

E o passarinho cantou:

-Piupiu! Isso mesmo gatinho, pegue essa bola dourada para a princesa encantada.

E a princesinha falou:

-Isso mesmo gatinho, pegue a bola para mim!

E o gatinho respondeu:

-Miau! É claro que sim.

E o gatinho saiu miando e correndo atrás da bola (miau) e atrás dele vinha saltando o sapo (croac) e atrás do sapo vinha voando o pássaro (fiufiu) e atrás do pássaro a princesa Encantada, correndo sem parar. Mas a bola dourada rolava muito rápido e nenhum dos quatro conseguia alcançar. A bola passou rolando por um coelho, e o gatinho miou:

-Miau! Coelho, pegue essa bola dourada para a princesa encantada!

E o sapo coaxou:

-Croac! Isso mesmo coelho pegue essa bola dourada.

E o pássaro cantou:

-Fiufiu! Isso mesmo coelhinho, pegue a bola dourada para a princesa Encantada.

E a princesa falou:

-Isso coelhinho, pegue a bola pra mim.

E o coelho respondeu:

-Irc-irc! Claro que sim!

E lá se foi o coelho pulando atrás da bola (irc) e atrás do coelho vinha correndo o gato (miau) e atrás do gato vinha pulando o sapo ( croac) e atrás do sapo vinha voando o pássaro (fiufiu) e atrás do pássaro vinha a princesa Encantada, correndo sem parar, mas a bola dourada rolava mais rápido e nenhum dos cinco conseguia alcançar…

A bola dourada passou rolando por um Tatu e o coelho chiou:

-Irc-irc! Tatu, pegue a bola dourada para a princesa Encantada.

E o tatu respondeu:

-Shhh! Claro que sim!

E saiu rolando atrás da bola dourada (shhh) e atrás do tatu vinha pulando o coelho (irc) e atrás do coelho vinha correndo o gato (miau) e atrás do gato vinha pulando o sapo ( croac) e atrás do sapo vinha voando o pássaro (fiufiu) e atrás do pássaro vinha a princesa Encantada, correndo sem parar, mas a bola dourada rolava mais rápido e nenhum dos cinco conseguia alcançar…

E pra piorar lá no pé da montanha tinha um lago. A bola dourada caiu no lago e afundou, afundou, foi parar lá embaixo, no fundo do lago.

Foram todos chegando na beira do lago, o tatu, o coelho, o gato, o sapo, o pássaro e por último a princesinha. Ao ver sua bola afundar a princesa sentou no chão e começou a chorar.

Um peixinho dourado viu a princesa chorando e resolveu ajudar. Foi nadando pro fundo do lago, para a bola dourada a procurar, procurou e procurou, procurou até encontrar, mas quando chegou com a bola na superfície e olhou para a beira do lago, a princesa encantada já não estava a chorar, pelo contrário, estava toda contente com seus novos amigos pra brincar. E quando viu o peixe com sua bola dourada a princesa Encantada ficou ainda mais feliz, pois agora tinha de volta a sua bola dourada, mas o que mais lhe alegrava era saber que quando fosse no jardim com a sua bola brincar, os seus amigos estariam lá. E a princesinha passou a viver feliz da vida pois nunca mais precisou brincar sozinha…

FIM

………………………………………………………………………………….

Para ver mais contos desse jardim clique no menu no canto direito no alto da página (são esses risquinhos mesmo).

Encante suas festas com os contos e as brincadeiras do Jardim de Histórias.

Entre em contato pelo email meujardimdehistorias@gmail.com ou mande um whats para 98821-0113

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s